Imposto de Renda 2022

Declaração de Imposto de Renda 2022

Seja bem vindo ao impostoderenda.net, uma espécie de manual online de como fazer sua declaração e tirar todas as dúvidas. Todo o conteúdo foi elaborado por um contador profissional para te auxiliar com os principais tópicos sobre sua Declaração para você ficar em dia com a Receita Federal do Brasil.

imposto_de_renda

Quem precisa declarar Imposto de Renda 2022?

Existem 5 grupos de pessoas que precisam declarar Imposto de Renda:

1 – Cidadãos que receberam o valor de até R$ 29 mil em rendimentos tributáveis ao longo do ano base. São considerados rendimentos tributáveis salários, férias, horas extras, valores pagos pelo INSS, rendimentos oriundos de investimentos, valores recebidos oriundos de aluguéis, pensões, benefícios, direitos autorais entre outros. Se somando todos os itens existentes o valor ultrapassar o teto de R$ 29 mil reais é obrigatório efetuar a declaração do Imposto de Renda.

2 – Cidadãos que dentro do ano base possuem veículos, imóveis, jóias, obras de arte e outros bens que juntos somam valores superiores a R$ 300 mil. Os bens considerados nesse cálculo são todos que estiverem em nome do cidadão e para o cálculo é utilizado o valor pago na aquisição do bem. Ainda que os valores recebidos no ano base não somem os R$ 29 mil, mas os bens totalizem valor maior que R$ 300 mil, o cidadão deve obrigatoriamente realizar a declaração do imposto de renda.

3 – Cidadãos que receberam valores oriundos da venda de veículos, imóveis e demais bens tributáveis, operações na bolsa de valores, títulos e mercadorias. Não importa qual o valor ganho pelas vendas dos bens, pois não há limite de valor mínimo ou máximo para que a declaração tenha que ser realizada.

4 – Cidadãos que obtiveram renda bruta oriunda somente de atividade rural superior a R$ 142 mil no ano base.

5 – Cidadãos que receberam valores superiores a R$ 40 mil em rendimentos não tributáveis na fonte e isentos. Esses rendimentos podem ser indenizações trabalhistas, doações, herança, rendimentos da poupança, indenização de seguros, seguro desemprego, valores recebidos de títulos de capitalização, loterias, concursos e décimo terceiro salário.

Qualquer cidadão que se encaixe nesse perfil deve realizar a declaração anual dentro do prazo pré determinado pela Receita Federal.

O que é Imposto de Renda? Valor, Quem declara.

Como saber se tenho que declarar imposto de renda?

Se há dúvidas sobre a obrigatoriedade de declarar imposto de renda, verifique a lista do item anterior para consultar as situações que determinam essa questão.

No entanto para consultar os valores é preciso ter em mãos documentos comprobatórios tais como relatório anual dos rendimentos obtidos e cuja emissão é realizada pelas instituições bancárias, relatório de ganhos obtidos no ano e emitido pelo empregador, documentos e notas fiscais que apontam os valores dos bens entre outros.

Quanto é o Imposto de Renda 2022?

A Receita Federal determina o valor da contribuição de cada cidadão através da comparação do valor declarado com o valor da tabela pré determinada por essa instituição. Nessa tabela constam todas as alíquotas a serem declaradas de acordo com os rendimentos declarados.

A tabela das alíquotas apontam os seguintes dados a serem considerados:

  • Até R$ 1903.98 – isento
  • Entre R$ 1903 e RS 2800 NBN – 7,5% – valor a ser deduzido – R$ 142
  • Entre R$ 2800 e R$ 3700 – 15% – valor a ser deduzido R$ 354
  • Entre R$ 3700 e R$ 4600 – 22,5% – valor a ser deduzido R$ 630
  • Acima de R$ 4600 – 22,5% – valor a ser deduzido R$ 860

Portanto não há um valor único do imposto de renda, pois esse dado depende do valor declarado pelo cidadão.

Cálculo Imposto de Renda 2022

Quem é isento do imposto de renda 2022?

São isentos de declarar o imposto de renda anual os seguintes grupos de pessoas:

  • Cidadãos que não receberam no ano base valores que somados totalizam mais de R$ 29 mil em rendimentos tributáveis;
  • Cidadãos que não possuem bens que somados são superiores a R$ 300 mil;
  • Cidadãos que não receberam mais de R$ 142 mil em rendimentos oriundos de atividade rural no ano base;
  • Cidadãos que não receberam mais do que R$ 40 mil em rendimentos que não são tributáveis na fonte. Estes podem ser oriundos de recebimento de herança, loterias, doações, indenizações trabalhistas, décimo terceiro salário entre outros;
  • Cidadãos que não receberam valores oriundos de mercadorias, títulos, imóveis, veículos entre outros;
  • Cidadãos que encontram-se em tratamento contra algumas doenças graves como mal de Parkinson e AIDS.

Dessa forma, todas as pessoas que se encaixam nos itens acima estão isentas de realizar a declaração anual do imposto de renda para a Receita Federal.

Imposto de Renda 2022 Isenção

Como tirar declaração de imposto de renda de isento?

As pessoas que são isentas de realizar a declaração do imposto de renda anual não precisam realizar nenhuma declaração que ateste que são isentos, porém se optarem por fazê-lo é possível emitir um documento que ateste essa condição.

A emissão desse documento pode ser realizada pelo próprio cidadão interessado que precisa acessar a página oficial da Receita Federal e selecionar a opção DAI – Declaração Anual de Isento que é uma das opções disponíveis pelo site. Outra forma de acessar o documento é diretamente no prédio da Receita Federal apresentando os documentos que atestem essa condição.

Como Fazer Declaração de Imposto de Renda 2022?

A declaração do Imposto de Renda deve ser realizada anualmente e o procedimento precisa respeitar os prazos estipulados pela Receita Federal. Para realizar a declaração o contribuinte tem suas opções sendo que a primeira delas é contratar um profissional para realizar o procedimento sendo este um contador, por exemplo.

A segunda opção é que o próprio cidadão pode fazer a sua declaração de IR e para isso é necessário ter instalado o Programa IRPF que pode ser baixado no site da Receita Federal. Já com o programa instalado no celular ou no computador é necessário escolher entre as duas opções de declaração que pode ser completa ou simplificada.

O programa é de fácil utilização e conforme o formulário é preenchido informa ao contribuinte qual a melhor opção a ser utilizada mostrando inclusive o valor da restituição de forma que aponta qual a modalidade é mais vantajosa.  Com os documentos e todos os comprovantes em mãos é preciso acessar o programa e iniciar a declaração de acordo com a opção desejada.

Se o contribuinte optar pela declaração completa é necessário ter em mãos todos os comprovantes de gastos com educação e saúde de todos os dependentes que devem ser informados com suas respectivas notas fiscais. Nessa opção, pessoas que possuem maiores despesas podem obter maiores abatimentos no valor do imposto.

Para contribuintes que não possuem dependentes e nem muitas despesas pode ser interessante optar pela declaração simplificada que concede apenas 20% de abatimento sobre o total de rendimentos tributáveis e torna o envio dos dados bem mais simples e fácil de ser realizado já que são poucos os dados a serem informados.

É necessário que o declarante se atente para a digitação dos dados, principalmente número de documentos, pois é comum que erros dessa ordem causem transtornos posteriores ao envio. Não confundir bens com direitos também é importante pois impede que o cidadão caia na malha fina e tenha pendências a serem resolvidas no futuro.

Após o envio dos dados para a Receita Federal, são gerados os extratos e comprovantes que servem como prova de que a referida declaração foi de fato realizada bem como todos os dados informados neste evento.

Como Declarar Imposto De Renda 2022 Passo a Passo

Como saber se a Receita Federal recebeu minha declaração?

Logo após o envio da declaração do imposto de renda ser enviado, o próprio programa informa que esse procedimento foi realizado com sucesso e nos dias posteriores ao envio, é necessário acompanhar se houve o apontamento de pendências ou outra informação.

Havendo dúvidas é possível acessar o e-CAC que é o Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte que foi criado especificamente para atender os contribuintes que efetuaram declaração do IR. O atendimento deve ser solicitado no portal da Receita Federal, porém é preciso realizar um cadastro informando o CPF ou CNPJ, data de nascimento, número dos recibos das duas últimas declarações anuais e criar uma senha que será usada para todos os acessos.

Após acessar o portal é possível acompanhar o status da declaração e clicar na opção Declarações e Demonstrativos e logo em seguida selecionar a opção Extrato de Processamento da DIRPF. Após seguir esses dois caminhos a situação do status será apresentada e o contribuinte poderá corrigir as pendências casos essas existam.

Quando termina prazo imposto de renda 2022?

A declaração do imposto de renda deve ser realizada anualmente e para isso é estabelecido um período de início e fim e é importante que o contribuinte se atente a essas datas para não perder o prazo e ficar pendente com a Receita Federal.

Normalmente o período para enviar a declaração começa no primeiro dia útil de março e esse prazo vai até o ultimo dia útil de abril.

O mais importante é que o cidadão consulte anualmente o site da Receita Federal para se certificar de que está dentro do prazo para fazer o envio da sua declaração.

Pode declarar Imposto de Renda após o prazo de declaração?

O cidadão que é obrigado a declarar Imposto de Renda, mas perdeu o prazo deve regularizar a sua situação o mais breve possível, pois o atraso gera multa. Após finalizado o prazo regular de envio, é possível enviar a declaração utilizando o mesmo programa após cinco dias da data final.

É necessário apenas aguardar que o programa seja atualizado automaticamente e somente então é possível realizar a declaração normalmente. Ao preencher os dados o próprio programa informa o valor da multa pelo atraso e gera automaticamente o valor do imposto somado com a multa e que precisa ser pago na rede bancária.

A multa equivale a 1% ao mês do valor do imposto devido e juros proporcionais a taxa Selic. Válido ressaltar que essa multa não é o mesmo valor do imposto a pagar e por esse motivo é importante não perder o prazo para não sair no prejuízo, pois havendo o atraso é necessário pagar multa inclusive sobre o valor do imposto.

Declarar Imposto de Renda Atrasado

Como pagar multa de imposto de renda atrasado?

Os contribuintes que perderem o prazo para enviar a sua declaração do imposto de renda para a Receita Federal devem pagar a multa pelo atraso e para isso é preciso realizar o envio da IR após a atualização do programa no celular ou no computador.

Após o preenchimento dos dados, o próprio programa informa o valor da multa devida e gera a guia para pagamento que pode ser salva em PDF e posteriormente impressa para pagamento em qualquer unidade da rede bancária.

Como Calcular Imposto de Renda 2022?

É difícil criar um cálculo padrão para saber quanto cada contribuinte pagará de imposto de renda, pois cada um deles possui gastos e rendimentos completamente distintos o que torna cada declaração única.

Ao realizar a digitação dos dados no programa da Receita Federal, este informa ao cidadão quanto deverá ser pago de imposto nas duas opções: declaração simples ou completa.

Existem alguns sites e programas online gratuitos que podem fornecer uma simulado dessa informação, mas a fonte mais confiável é de fato o próprio programa do IR.

  • Até R$ 1903 – isento – R$ 0,0
  • R$ 1903 até R$ 2800 – 7,5% – R$ 140
  • R$ 2800 até R$ 3700 – 15% – R$ 630
  • A partir de R$ 4600 – 27,5% – R$ 860

Ressaltamos que o valor exato do imposto de renda é apresentado logo que o cidadão insere todos os dados de seus gastos e rendimentos tributáveis de maneira que imediatamente o cidadão descobre com exatidão essa informação.

Como funciona alíquota imposto de renda?

A alíquota do imposto de renda é a porcentagem do desconto utilizado como base para fins de arrecadação do imposto de renda retido direito na fonte. A tabela da alíquota funciona progressivamente para que os cidadãos que mais arrecadaram paguem um valor maior de contribuição.

Os contribuintes que pretendem se programar para o futuro devem saber a fundo sobre o percentual que será descontado como imposto de renda, pois essa informação pode fornecer dados para que este cidadão se programe financeiramente.

O que é a parcela a deduzir do imposto de renda?

O valor da parcela a deduzir do imposto de renda é atribuído de acordo com a porcentagem da alíquota que sofre variações conforme o valor dos rendimentos do contribuinte durante o ano base.

De acordo com as alíquotas, os valores das parcelas são as seguintes:

  • Isento – R$ 0,0
  • 7,5% – R$ 140
  • 15% – R$ 630
  • 27,5% – R$ 860

O valor dos percentuais das alíquotas estão diretamente relacionadas com a parcela a ser deduzida do imposto de renda e é importante de ser considerada pelo contribuinte.

Imposto de Renda – O que pode ser Deduzido?

Quem é dependente do Imposto de Renda?

Dependentes são pessoas que podem ser incluídas na declaração do imposto de renda de um determinado declarante e este não precisa de uma declaração própria já que suas informações já foram declaradas.

A vantagem da inclusão de dependentes em uma declaração é que é possível haver redução de impostos e ainda aumento no valor da restituição a recebida já que cada dependente concede o direito de desconto de R$ 2270 no imposto a ser pago. Porém isso acontece somente se o dependente não tiver rendimentos altos, pois esse detalhe afeta diretamente o valor a ser pago ou a ser recebido.

No entanto nem todas as pessoas podem ser declarados como dependentes uma vez que são considerados pela Receita Federal somente os seguintes casos:

  • Companheiro de união estável ou cônjuges;
  • Enteados ou filhos de até 21 anos, ou qualquer idade desde que estes forem incapacitados para o trabalho ou até 24 anos de idade casos estes estejam cursando faculdade;
  • Netos, bisnetos, irmãos de até 21 anos de idade desde que exista guarda judicial ou ainda os demais critérios acima;
  • Demais menores criados e educados pelo declarante de que exista formalmente a guarda judicial sobre eles;
  • Bisavós, avós, pais desde que estes tenham tido rendimentos tributáveis ou não de até o valor de R$ 22 mil no ano base;
  • Sogros desde que o cônjuge seja declarado como dependente ;
  • Pessoas consideradas incapazes devido a enfermidades, deficiência mental e motivos similares;
  • Filhos em união estável ou casados e nesse casos os cônjuges dos filhos também podem ser declarados como dependentes;
  • Parentes que faleceram no base e que se enquadrem nos quesitos para dependente;
  • Dependentes que se encaixam nos critérios ainda que residam no exterior;
  • Filhos e ex cônjuges que recebam pensão alimentícia.

É importante ressaltar que o declarante deve declarar todos os rendimentos do dependente incluindo seus bens, propriedades e demais rendimentos tributáveis ou não. Um dependente só pode ser declarado por um único declarante.

Como calcular o imposto de renda com dependentes?

O cálculo do imposto de renda dos dependentes segue os mesmos parâmetros do cálculo do contribuinte e deve seguir a mesma tabela das alíquotas e valores das parcelas a serem pagas.

Desta forma o contribuinte deve observar se os rendimentos do dependente são altos, pois se assim for não é interessante incluir essa determinada pessoa como tal.

Como declarar rendimentos de dependentes?

A declaração dos rendimentos de dependentes deve ser realizada seguindo os mesmos parâmetros das demais informações a serem inseridas no programa da Receita Federal. É preciso ter em mãos todos os dados referentes aos rendimentos obtidos tais como loterias, doações e outros ganhos. As despesas também devem ser declaradas nos campos específicos seguindo os valores informados nos comprovantes.

Ao realizar a declaração, o programa da Receita Federal auxilia no preenchimento da mesma, pois os campos surgem na ordem que devem ser digitadas. É necessário tomar o devido cuidado para não inserir informações erradas e gerar resultados indevidos.

Como fazer o imposto de renda do MEI?

O MEI precisa realizar pagamentos mensais do DAS e entregar a Declaração Anual do Simples Nacional, pois dependente dos rendimentos é necessário apresentar a declaração do imposto de renda pessoa física. Porém estão isentos do imposto sobre o rendimento, na fonte e declaração de ajustes de beneficiários valores distribuídos ou pagos pelo MEI, optantes do Simples Nacional com exceção dos que correspondem ao pro labore, serviços prestados ou ainda aluguéis.

Por outro lado o MEI é isento de declarar o imposto de renda se controlar financeiramente suas receitas e despesas tanto da empresa como as pessoais e para isso é preciso ter ao menos comprovantes e livro caixa. Se a parcela tributável dos lucros do MEI for mais do que R$ 2380 por mês, este é obrigado a efetuar a declaração.

Caso o rendimento seja inferior a esse valor, o MEI pode declarar o imposto de renda, porém não é obrigado a fazê-lo.

Imposto de Renda Micro Empresa MEI – Como declarar

Quanto paga de imposto de renda MEI?

O pagamento de imposto de renda MEI depende dos valores dos lucros obtidos pelo empreendedor e para isso é preciso informar na declaração todos os dados referentes aos seus rendimentos e é a partir desse dado que seja gerado o valor do imposto.

Assim como as demais declarações do imposto de renda, o valor a ser pago de imposto ou restituído é apresentado pelo próprio programa e pode ser visualizado no momento em que a declaração é efetuado.

O programa também mostra qual o tipo de declaração é mais vantajosa para o contribuinte de acordo com seus dados informados e este pode alterar o tipo de declaração se achar necessário.

Como baixar o programa IRPF 2022?

O contribuinte que realizará a sua declaração do imposto de renda necessita baixar o programa IRPF e esse procedimento é facilmente realizado através do site da Receita Federal cujo endereço é receita.economia.gov.br.

Logo que a página é acessada, o contribuinte deve procurar pela guia Centrais de Conteúdo e dentro dela selecionar a opção Download e em seguida selecionar ReceitaNet que é nome do programa através do qual a declaração do imposto de renda é realizada.

Na página seguinte é apresentada uma lista contendo todos os requisitos que o computador deve possuir para que ser possível baixar o programa:

  • Computador compatível com processador Intel – Celeron/ AMD-Sempron ou configuração superior a essa;
  • Memória RAM 256 MB;
  • Espaço em disco de no mínimo 10 MB;
  • Máquina virtual – JAVA compativel com JVM 1.6 ou versão superior;
  • Se o sistema operacional for Windows deve ser Windows XP ou versão superior;
  • Se o sistema operacional for Windows é preciso usar assinatura digital de declarações e navegador internet explorer 5.5 ou versão superior.

Após ler essas informações e se certificar de que o computador utilizado atende a esses requisitos é preciso selecionar a opção em destacada que diz “Clique aqui para baixar o ReceitaNet. Na página seguinte serão apresentadas todas as opções disponíveis do programa de acordo com o sistema operacional e estes podem ser Windows, MAC, Linux 32 bits, Linux 64 bits, Linux Deb e Multiplataforma.

Em seguida o arquivo do programa será disponibilizado e é preciso apenas executá-lo e seguir as instruções.

Programa Imposto de Renda 2022 – Baixar

Como saber se tenho Restituição do Imposto de Renda?

Ao abrir o programa ReceitaNet, o contribuinte deve preencher os campos vazios com as informações solicitados sendo estas os dados do declarante e posteriormente dos dependentes, casos estes existam.

Em seguida é preciso informar os rendimentos e os gastos referentes ao ano base e após esses dados serem informados o programa mostrará do lado esquerdo da tela os valores que serão restituídos na versão simplificada e completa.

Desta forma o contribuinte pode escolher quais dos modelos de declaração é mais vantajoso em sua situação.

Imposto de Renda 2022 Restituição

Como receber Restituição do Imposto de Renda?

Para enviar a declaração do imposto de renda é necessário preencher vários campos com os dados do declarante. Finalizada essa etapa o programa solicitada que seja informada os dados bancários do contribuinte para que a restituição seja realizada diretamente nela.

Sendo assim, o cidadão tem acesso a sua restituição dentro das datas estabelecidas pela Receita Federal direto em sua conta bancária escolhida.

Em um dos lotes da restituição do Imposto de Renda 2022, o valor é creditado na conta e o titular pode efetuar o saque ou movimentação do dinheiro como quiser.

Imposto de Renda – Quantos Lotes? Consulta

É possível restituir impostos de anos anteriores?

Sim. Para restituir impostos de anos anteriores é preciso acessar o site da Receita Federal, selecionar a opção downloads e baixar o programa Receita.Net referente ao ano desejado. Em seguida é preciso acessar o programa e fazer a declaração seguindo as mesmas instruções utilizadas para a declaração do ano atual.

Após baixar e acessar o programa deve-se digitar todos os dados do declarante e dos dependentes, casos existam, e posteriormente informar os rendimentos e os gastos tributáveis ou não e depois salvar e transmitir o arquivo.

Como obter declaração de Imposto de Renda de anos anteriores?

Para obter a declaração de Imposto de Renda de anos anteriores é preciso acessar o programa referente ao ano desejado, digitar o CPF do declarante e selecionar no menu da barra lateral direita a opção desejada que são as seguintes: imprimir declaração, imprimir recibo de entrega, salvar cópia de segurança do arquivo e imprimir DARF.

Como tirar Informe de Rendimentos 2022 Receita Federal?

Para tirar o informe dos rendimentos da Receita Federal é preciso acessar o programa Receita.Net, selecionar o nome do declarante desejado e selecionar as opções disponibilizadas em um menu localizado do lado direito da tela.

Através desse menu é possível realizar a impressão ou salvar os arquivos referentes a declaração enviada no base ou em anos anteriores.

Imposto de Renda 2022 Informe de Rendimentos

Como conseguir informe de rendimentos de anos anteriores?

Para conseguir o informe de rendimentos de anos anteriores é preciso acessar o programa Receita.Net do ano desejado e selecionar o nome do declarante ou o número do envio.

Em seguida é necessário visualizar do lado direito da tela os itens disponíveis para impressão que são Imprimir Declaração, Imprimir Recibo de Entrega, Imprimir DARF do IRPF e Gravar Cópia De Segurança e Serviço.

Através dessas opções é possível obter todas as informações sobre os rendimentos declarados nos anos anteriores.

É preciso declarar imposto de renda retido na fonte?

Sim, pois o imposto de renda retido na fonte diz respeito a valores que o cidadão recebe já com deduções que vão para os cofres públicos e sendo assim é necessário informar esses rendimentos normalmente no campo destinado a ele no programa Receita.Net.

Ao efetuar a declaração desse tributo não há o pagamento duplicado do imposto, pois este é declarado justamente para evidenciar para a Receita Federal que o devido pagamento já foi realizado e desta forma proporcionar a restituição do mesmo.

Os valores declarados alteram o resultado do montante a ser restituído e por esse motivo é importante listar todos eles de acordo com a realidade e de forma que possam ser comprovados caso exista essa necessidade no futuro.

Imposto de Renda Retido na Fonte

Como calcular imposto de renda retido na fonte?

Não é necessário realizar cálculo manual do imposto de renda retido na fonte, pois ao inserir as informações dos rendimentos no programa Receita.Net, o próprio software informa ao contribuinte os valores das deduções e devidas restituições de acordo com os valores informados.

O valor final depende de todas as informações declaradas e é importante preencher os campos destinados a rendimentos e gastos com muita atenção com todos os dados presentes nos comprovantes, pois estes influenciam diretamente o resultado final.

Como acompanhar declaração de Imposto de Renda?

Logo que a declaração de Imposto de Renda é enviada para a Receita Federal é possível efetuar o acompanhamento da mesma através do Programa ReceitaNet ou do serviço de atendimento E-CAC disponível do portal da Receita Federal.

O acompanhamento através do programa é feito acessando-o e em seguida clicando na opção “Em Preenchimento” que diz respeito a todas as declarações realizadas através daquele computador ou telefone celular. Em seguida é preciso clicar sobre a linha referente a declaração desejada e esta será apresentada na tela sendo que a direita dela será disponibilizada a opção “Verificar Pendências” e clicando nela é apresentada a situação atual da declaração.

Se não houver nada errado com a declaração o programa apresentará uma mensagem dizendo a seguinte mensagem: “Não foram encontradas pendências na declaração”. Porém, havendo dados considerados divergentes, o programa informará os dados que precisam ser retificados.

Nesse mesmo local é possível realizar a correção dos dados, imprimir a declaração, imprimir DARF, gravar uma cópia, salvar on-line, recuperar on-line e importar assistida.

Para acompanhar a declaração de Imposto de Renda através do E-CAC é preciso fazer um cadastro para ter acesso ao atendimento e depois é preciso apenas fazer login com os dados cadastrais e solicitar as informações desejadas.

Como acessar o E-cac da Receita Federal?

O E-CAC é uma central de atendimento destinada aos cidadãos que realizam a declaração do imposto de renda e para a comunidade em geral. Para ter acesso a esse serviço é preciso acessar o site da receita no endereço: receita.economia.gov.br/interface/atendimento-virtual.

Ao acessar o site o cidadão encontra todas as informações necessárias para se cadastrar e sobre os atendimentos que podem ser solicitados on-line. Para acessar o site é preciso gerar um código de acesso e para isso é necessário informar o CPF, data de nascimento e o número dos últimos dois recibos do envio da declaração do imposto de renda.

Após gerar o código de acesso é preciso informar o número do CPF e criar uma senha que será usada junto com estes primeiros dados.

Outra forma de acessar o E-CAC é através do portal gov.br e para isso é necessário se cadastrar nele e em seguida selecionar essa opção de atendimento. Usando o gov.br é possível obter atendimento para outros órgãos como o DETRAN, justiça eleitoral, SINE Fácil e outros.

e-CAC Login – Imposto de Renda, Consultar

Quando o imposto de renda cai na malha fina?

O imposto de renda cai na malha fina quando as informações declaradas ficam retidas devido a erros na digitação dados, valores incorretos, rendimentos não declarados, dados cadastrais informados errados e indícios de fraudes.

Logo que a Receita Federal detectar inconformidades entre os dados declarados com a sua base de dados, o declarante é informado quanto ao evento e sobre o que precisa ser corrigido. Quanto à correção o cidadão pode buscar atendimento no E-CAC ou efetuar uma retificação no próprio Receita.Net e isso depende da natureza da pendência.

Como saber se a declaração caiu na malha fina?

Para saber se a declaração caiu na malha fina, o contribuinte deve acompanhar o seu processo através do programa Receita.Net, pois o programa informa a necessidade de realização de ajustes e retificação de dados caso exista essa necessidade.

O acompanhamento é feito clicando sobre o nome do declarante ou fazendo a busca através do número do envio do arquivo. O status da declaração informa em qual situação esta se encontra e se é necessário realizar a regularização de dados.

Imposto de Renda 2022 – Malha Fina

Qual o valor da multa se cair na malha fina?

O valor a ser pago caso o contribuinte caia na malha fina não é o mesmo para cada cidadão, pois esse dado depende dos rendimentos e demais valores de gastos e ganhos que são diferentes para cada pessoa.

Ainda assim se cair na malha fina o contribuinte deve pagar o imposto constatado como devido, multa de 75% do valor totalizado e juros. Se a declaração foi enviada fora do prazo é necessário ainda o pagamento de R$ 165.

A depender do atraso e imposto a pagar, o valor total a ser pago pode chegar a 20% do valor total do imposto de renda.

O que é retificar imposto de renda?

Retificar imposto de renda é uma ação necessária para quando o contribuinte constata que enviou alguma informação incompleta ou errada. É possível realizar a troca da tributação anteriormente selecionada, dados referentes a gastos, dados referentes a rendimentos e outros itens como número de documentos, endereço, nomes e etc.

Fazer a retificação é necessária para que o contribuinte não caia na malha fina e encontre problemas futuros.

A declaração retificadora tem o mesmo valor que a declaração original e a substitui de forma integral e dessa forma precisa conter todos os dados informados na primeira versão. Ainda que exista a possibilidade de fazer a retificação, é importante que a primeira declaração seja feita com muita atenção, pois para fins de restituição, é considerada a data do último envio.

Como fazer uma declaração retificadora do Imposto de Renda?

A declaração retificadora do Imposto de Renda deve ser realizada pelo contribuinte que constatar o envio de dados errados, informações pendentes e demais itens que precisam ser reparadas.

Para realizar o procedimento é preciso acessar o programa ReceitaNet e clicar sobre o item “Em preenchimento” e em seguida selecionar a declaração desejada. Na mesma tela, do lado direito encontra-se disponível a opção “Retificação” que deve ser selecionada para que a declaração original seja aberta e todos os dados sejam disponibilizados e possam então ser alterados de acordo com a necessidade do cidadão.

A retificação deve ser realizada logo que as inconsistências sejam constatadas, pois havendo restituição a data considerada como envio da declaração será a data do último procedimento.

Imposto de Renda – Retificação

Como fazer retificação do Imposto de Renda de anos anteriores?

Para fazer a retificação do Imposto de Renda de anos anteriores é necessário acessar o programa Receita.Net referente ao ano desejado, pois a cada ano é disponibilizado um versão diferente que é utilizada somente para aquele ano base em específico.

Uma retificação pode ser feita por no máximo 5 anos após seu envio e por isso é importante estar atento aos prazos.

Após acessar o Receita.Net referente ao ano para o qual a retificação será realizada, é necessário clicar sobre o nome do contribuinte ou digitar o número do recibo do envio dos dados.

Em seguida é possível acessar a declaração e efetuar os devidos ajustes necessários e então é só salvar e enviar novamente. Após os ajustes realizados, é possível efetuar a impressão da declaração com os dados já retificados.

Qual o telefone para tirar dúvidas do Imposto de Renda?

A Receita Federal oferece vários canais de atendimento para que o contribuinte e demais cidadãos que possuam dúvidas sobre tópicos referentes ao Imposto de Renda possam ser atendidos e saná-las sem dificuldades.

O Fale Conosco é um canal de atendimento que aborda todos os serviços oferecidos pela Receita Federal e para acessá-lo é necessário visitar o site da Receita Federal e em seguida selecionar a opção Fale Conosco e posteriormente o assunto desejado.

O E-CAC é um serviço de atendimento ao contribuinte que pode ser acessado através do portal da Receita Federal. É necessário criar um cadastro com login e senha e gerar um código de acesso que pode ser obtido no próprio portal.

Outra forma de ser atendido pela Receita Federal é o chat RFB que é acessado no próprio portal da Receita e em seguida clicar sobre a opção referente ao chat e escolher o assunto desejado.

Receita Federal Telefone, Dúvidas IR

Além desses atendimentos é possível entrar em contato com a Receita Federal através de e-mail. Os e-mails de contato são diferentes para cada estado brasileiro e podem ser obtidos no site da Receita.

Por fim, o último meio de atendimento é a Ouvidoria do órgão que também pode ser acessado no portal da Receita e em seguida é necessário apenas registrar a manifestação desejada.

Se ainda ficou com alguma dúvida, acesse os seguintes tópicos:

Ou acesse as principais dúvidas frequentes sobre o Imposto de Renda 2022 e deixe a sua:

Declaração Imposto de Renda 2022 – Tirar Dúvidas

Como Declarar o Imposto de Renda 2022

Se tem alguma dúvida sobre a declaração acesse: Tirar Dúvidas Imposto de Renda 2022